Consórcio PCJ defende financiamento para barragens na região

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Diante do cenário de crise hídrica na região Campinas, alternativas que visam à autonomia dos municípios são defendidas por especialistas. As barragens são consideradas uma medida importante no médio e longo prazo. E neste primeiro momento as linhas de créditos estaduais e federais seriam um incentivo para as cidades.

Construir barragem é caro. As três represas da região que estão em estágio de licitação e licenciamento, dependem de um investimento de R$1 bilhão e 100 milhões de reais. Elas serão construídas em Salto, Amparo e Pedreira, com capacidades de armazenamento de 84 bilhões de litros de água. Além de caras, são demoradas. O tempo para que uma barragem esteja em condições de abastecimento varia de oito à dez anos.

Apesar do custo e do tempo, cidades que tem estas alternativas enfrentam a atual estiagem com mais conforto, como explica o Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ, José César Saad. Ele dá o exemplo de Santa Bárbara d’Oeste. E ainda cita a importância das três barragens que estão saindo papel na região.

Com as barragens, o aumento na disponibilidade de água vai chegar a 6,5 m³/s, com possibilidade de regularização de até 18 m³/s.

Assim, o apoio dos governos do estado e federal é considerado um estímulo importante. José César Saad, acredita que as linhas créditos poderiam começar financiado os primeiros estudos de impacto ambientes, por exemplo. Com apoio financeiro, o Consórcio PCJ auxilia os empreendedores nas questões burocráticas em relação à implantação de um reservatório municipal. Há inclusive uma cartilha para orientar as cidades na construção.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também