Trabalho Infantil: Campinas é 3° no estado e evasão escolar preocupa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Campinas é a terceira cidade do estado em números de crianças e adolescentes trabalhando, são 6485, segundo o Ministério Público do Trabalho. Fica atrás apenas de São Paulo e Guarulhos. Piracicaba fica na 20° posição, com 2051 pessoas nesta situação. A procuradora do Trabalho em Campinas, Luana Lima Leal, destaca que muitos desses trabalhos são invisíveis, sem um responsável , o que dificulta a fiscalização.

Diante dos números, a região recebe o projeto MPT na Escola, com foco no trabalho infantil e o impacto que ele causa na educação dessas crianças e adolescentes. A principal preocupação é a evasão escolar.

Uma das cidades que recebe o projeto, com treinamento de profissionais para lidar com tais situações é Americana.

Célia Serpejante é pedagoga na rede pública da cidade e já foi do Conselho Tutelar. Ela fala da presença dessas situações nas escolas e importância de se dar atenção a essas crianças e adolescentes.

Célia, aos dez anos, teve uma experiência de trabalho infantil. Não foi boa.

SONORA 2 “HÁ TRABALHO INFANTIL SIM…”

 

O MPT na Escola é um projeto que começou no Ceará em 2007 e já teve bons resultados em outras partes do país.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Itens relacionados