Ação contra reajuste de água em Campinas é entregue ao MP

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Uma representação contra o reajuste de 15% na conta de água em Campinas foi protocolizada no Ministério Público. O autor da ação, Renato César Pereira, argumenta que o aumento é abusivo, que haveria gastos desnecessários dentro da Sanasa e que há necessidade de mais transparência.

O presidente na Sanasa, Arly de Lara Romeu rebate as questões apontadas. Não há abuso segundo ele, porque os custos aumentaram. Os gastos com publicidade seriam necessários na visão de Arly, que destaca ainda, que há transparência nos recursos da empresa.

O reajuste de 15% é o segundo aumento só neste ano na conta de água de Campinas. Ele será válido a partir de agosto. Na representação entregue ao Ministério Público há um levantamento que aponta que nos últimos trinta meses, a aumento do custo da água chegou a 60%, considerando resoluções da Ares-PCJ.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também