Amparo é a primeira cidade da região de Campinas a confirmar morte de macaco por febre amarela

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A região de Campinas teve a primeira morte confirmada de macaco em decorrência da febre amarela silvestre. O caso ocorreu na zona rural de Amparo e foi confirmado após exames realizados pelo Instituto Adolfo Lutz.

Os corpos de outros cinco macacos encontrados sem vida no município já foram encaminhados para exames e aguardam laudos. De acordo com uma nota publicada pela prefeitura de Amparo, nesta quarta-feira, a SUCEN, órgão vinculado à Secretaria da Saúde do estado de São Paulo, já esteve em Amparo, no Bairro dos Rosas, colocando armadilhas para capturar mosquitos e dentre os capturados pesquisar a existência da espécie que transmite a febre amarela silvestre. 

Também será realizada a nebulização de ambiente (operação fumacê) em todas as casas do Bairro dos Rosas. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, na última sexta-feira os agentes ambientais de Amparo estiveram no Bairro procurando larvas do mosquito transmissor da Febre Amarela.

Nessa semana teve início a vacinação dos profissionais de Saúde para que possam trabalhar na ação de vacinação dos moradores do Bairro dos Rosas, Boa Vereda e Areia Branca, prevista para o próximo dia primeiro de abril.

O passo seguinte será a vacinação de todos os moradores de Amparo, início esse condicionado à liberação das vacinas já solicitadas ao Ministério da Saúde.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também