Há quase três anos interditada, ponte que liga Paulínia a Barão Geraldo está abandonada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Arquivo/CBN

Interditada desde novembro de 2014, a ponte que liga Paulínia ao distrito de Barão Geraldo, em Campinas, está abandonada e o problema segue sem solução. Para impedir o trânsito de veículos no local, foram colocadas quatro barreiras de concreto na pista. O abandono é tão grande, que o mato tomou conta dos obstáculos. A passagem sobre o Rio Anhumas teve o tráfego impedido por causa de abalos detectados pela Rhodia e confirmados por funcionários da Prefeitura de Campinas. Uma tubulação de gás também passa no local.

O fato é que a estrada da Rhodia poderia ser uma alternativa para quem vai para Paulínia nessas últimas semanas, já que a rodovia Zeferino Vaz está passando por um recapeamento da pista, o que tem causado muita lentidão no local. Na ponte, depois de três anos interditada, praticamente não há a presença de motoristas no local, nem mesmo os desavisados aparecem mais. Isso basicamente comprometeu o comércio da área, que sobrevive a duras penas. Jonathan Santos de Almeida trabalha em um restaurante na beira da estrada e disse que a interdição da ponte praticamente matou o comércio local.

A prefeitura de Paulínia, responsável pela ponte, foi procurada para dar informações sobre o abandono do local. A assessoria da administração municipal não enviou resposta até o fechamento da reportagem.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
CURADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também