Obras de barragens devem começar em até quatro meses

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Barragens serão construídas em Amparo e Pedreira (Foto: Leandro Las Casas)

O superintendente do Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado de São Paulo, Ricardo Borsari, prevê o início das obras das barragens de Amparo e Pedreira em até quatro meses, período no qual as desapropriações serão feitas. Com a autorização assinada pelo governo estadual no último dia 7, os editais de licitação foram publicados e as propostas enviadas para a execução dos trabalhos serão analisadas. O investimento total é de 782 milhões de reais.

Borsari justifica a expectativa otimista em relação ao tempo de negociação com os donos de terrenos na região. O motivo, segundo ele, é o fato de que poucas famílias vivem nesses locais. Com isso, a intenção é buscar soluções caso a caso. O Daee já possui a Licença Ambiental Prévia e necessita agora do licenciamento de instalação das intervenções. As duas barragens são vistas como a solução para a oferta de água nas cidades da Região Metropolitana de Campinas.

O reservatório de Pedreira, no Rio Jaguari, terá uma capacidade para armazenar 31,9 milhões de metros cúbicos de água. Já a barragem de Duas Pontes no Rio Camanducaia, em Amparo, terá um total de 53,4 milhões de metros cúbicos. A previsão de conclusão é de 30 meses. Ou seja, se iniciadas em outubro, por exemplo, as obras devem ser entregues em meados de 2020. De acordo com o governo, os reservatórios poderão abastecer mais de 5,5 milhões de pessoas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também