Unicamp aprova cotas étnico-raciais e vagas pelo Enem para Vestibular 2019

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Unicamp vai adotar a partir do Vestibular 2019 um sistema de cotas étnico-raciais que reserva 25% das vagas disponíveis para candidatos autodeclarados pretos e pardos e vagas através do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A decisão foi anunciada, nesta terça-feira

Para o Reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, a iniciativa abre novas portas de entrada para a Universidade. Ele comentou que as alterações terão início no Vestibular 2019 e algumas medidas serão concluídas em 2020.

Os assuntos em pauta debatidos na reunião do Consul são o resultado de um processo que teve início em 2016, por meio de estudantes que, na época, se mobilizaram e apresentaram uma série de reivindicações. De acordo com o Reitor a ideia com as alterações é de ter uma maior representatividade da sociedade brasileira por meio da classe estudantil

Atualmente a Unicamp já conta com um programa de inclusão que é o Paais (Programa de Ação Afirmativa e Inclusiva)que é aplicado desde 2005 e que será reformulado. Os autodeclarados pretos, pardos e indígenas deixam de ser contemplados no programa, diante da inclusão de novas formas de acesso.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também