“Vergonha alheia”: diz Márcio França sobre tentativa frustrada de encontro de Doria com Bolsonaro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Durante visita técnica, neste sábado, às obras do Ambulatório Médico de Especialidades, o AME de Campinas, o governador do Estado de São Paulo e candidato à reeleição, Márcio França, comentou a tentativa frustrada do seu adversário de conseguir apoio do presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL.

O fato se deu quando o candidato do PSDB ao Governo de São Paulo, João Doria, tentou em vão, nesta sexta-feira, se reunir com Bolsonaro na casa do empresário Paulo Marinho, no Rio de Janeiro. Márcio França afirmou que a situação lhe causou vergonha alheia. Ao contrário de Doria, que declarou apoio a Bolsonaro, França continua mantendo neutralidade, mesmo com o apoio declarado de seu partido, o PSB, ao candidato Fernando Haddad, do PT.

Apesar de não manifestar apoio a nenhum dos presidenciáveis, França diz manter o compromisso que firmou com sua vice, a coronel Eliane Nikoluk, de não votar no PT. Ao vistoriar as obras do AME, em Campinas, o candidato manifestou sua intenção, caso eleito, de abrir mais unidades de saúde como esta em cidades de grande porte do Estado.

De acordo França, esse seria um investimento possível se considerados os bons números da Economia em São Paulo, que de acordo com ele está crescendo 6% ao ano. O AME de Campinas tem previsão de ser entregue em março de 2019.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos