Em Campinas, Marun sinaliza que Governo Federal deve aprovar aumento de salário dos ministros do STF

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Em visita a Campinas nesta quinta-feira, o Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que o reajuste de salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal deverá ser aprovado pelo Governo Federal. A pauta foi aprovada pelo Senado nesta semana, beneficiando os magistrados e o procurador-geral da República. O reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil e provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

Segundo estudos técnicos do Senado e das consultorias de orçamento do Congresso, o impacto nas contas públicas causado pelos reajustes pode variar de R$ 4 bilhões a R$ 6 bilhões por ano. De acordo com o Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, há um entendimento de que o benefício de auxílio moradia seria extinto e o reajuste concedido não iria onerar os cofres públicos. Além disso, ele afirma que quem tiver o salário revisto, naturalmente pagará mais impostos, lembrando que não há recolhimento de tributos em benefícios.

Carlos Marun esteve em Campinas nesta quinta-feira visitando o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, onde ficará o maior acelerador de partículas do Brasil. A primeira etapa das obras do laboratório consumiu R$1,3 bilhão e será entregue nesta quarta-feira, em uma solenidade que contará com a presença do Presidente da República, Michel Temer. Mais R$ 500 milhões de reais deverão ser investidos até 2020, quando o laboratório estará funcionando em plena atividade.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Homem é morto pela esposa após agredi-la em Campinas

Um homem foi morto pela esposa na noite desta quarta-feira, no bairro Recanto do Sol I em Campinas. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado, a mulher de 41 anos agiu em legítima defesa e foi liberada após prestar depoimento.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.