Vítimas de intoxicação por cloro em piscina recebem alta hospitalar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valéria Hein

Receberam alta hospitalar neste final de semana a mulher de 51 anos e o homem de 37, vítimas da intoxicação por cloro, na academia HydroCenter, em Campinas.

A mulher estava internada no Hospital de Clínicas da Unicamp e o homem no Hospital Vera Cruz desde 29 de novembro, data em que ocorreu o incidente, provocado por um funcionário da academia. O empresário Samuel Rodrigues Squarisi, de 38 anos, morreu no dia seguinte do acidente.

Na ocasião, segundo o Centro de Informação e Assistência Toxicológica, o Ciatox da Unicamp, a junção de dois tipos de cloro provocou a produção de um gás tóxico para os pulmões.

A substância preparada  pelo funcionário não chegou a ser jogada na água.

Segundo o  Ciatox, as outras seis vítimas que inalaram a substância passam bem.

Em nota divulgada à imprensa, a HydroCenter destacou que empenha todos os esforços possíveis e necessários ao caso e que está à disposição para colaborar com os órgãos públicos competentes.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também