Barragens de água em Pedreira e Amparo também exigem atenção

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Barragens serão construídas em Amparo e Pedreira (Foto: Leandro Las Casas)

As barragens de Pedreira e Amparo, que serão construídas para suprir a demanda de água na Região Metropolitana de Campinas, apresentam características que necessitam de um plano adequado de prevenção de riscos. Para o especialista em Planejamento Ambiental Territorial, Felipe Feliciani, mesmo não destinadas a receber rejeitos, como a que foi rompida em Brumadinho, Minas Gerais, as obras também exigem atenção das autoridades.

A barragem de Pedreira fica a cerca de 3 km de distância da região central da cidade. Já a de Amparo fica acima do bairro Duas Pontes, que também dá nome à estrutura. Com isso, a proximidade oferece um risco iminente nesses locais. O problema é que ainda não há um plano de emergência pronto para os dois empreendimentos, já que o costume no Brasil, segundo Feliciani, é que medidas e estratégias desse tipo sejam desenvolvidas durante o andamento dos projetos.

O reservatório de Pedreira vai ocupar uma área de 4,3 km² entre Pedreira e Campinas. A previsão é que tenha capacidade de 31,9 milhões de metros cúbicos de água, disponibilizando uma vazão de 8,5 mil litros de água por segundo. Já o reservatório Duas Pontes, em Amparo, terá uma área de 8,8 km², com capacidade para 53,4 milhões de metros cúbicos, disponibilizando uma vazão de 8,7 mil litros de água por segundo. Ambos vão abastecer municípios das região.

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente se manifestou através de nota. No comunicado, disse que as barragens de Pedreira e Duas Pontes “em nada se assemelham à barragem de Córrego do Feijão, que desabou em Brumadinho”. O posicionamento diz que as barragens são “construídas para armazenamento de água”, que “o método construtivo segue um rigoroso plano de segurança” e que haverá um sistema de controle para reduzir os riscos de extravasamento.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também