Barragens de água em Pedreira e Amparo também exigem atenção

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Barragens serão construídas em Amparo e Pedreira (Foto: Leandro Las Casas)

As barragens de Pedreira e Amparo, que serão construídas para suprir a demanda de água na Região Metropolitana de Campinas, apresentam características que necessitam de um plano adequado de prevenção de riscos. Para o especialista em Planejamento Ambiental Territorial, Felipe Feliciani, mesmo não destinadas a receber rejeitos, como a que foi rompida em Brumadinho, Minas Gerais, as obras também exigem atenção das autoridades.

A barragem de Pedreira fica a cerca de 3 km de distância da região central da cidade. Já a de Amparo fica acima do bairro Duas Pontes, que também dá nome à estrutura. Com isso, a proximidade oferece um risco iminente nesses locais. O problema é que ainda não há um plano de emergência pronto para os dois empreendimentos, já que o costume no Brasil, segundo Feliciani, é que medidas e estratégias desse tipo sejam desenvolvidas durante o andamento dos projetos.

O reservatório de Pedreira vai ocupar uma área de 4,3 km² entre Pedreira e Campinas. A previsão é que tenha capacidade de 31,9 milhões de metros cúbicos de água, disponibilizando uma vazão de 8,5 mil litros de água por segundo. Já o reservatório Duas Pontes, em Amparo, terá uma área de 8,8 km², com capacidade para 53,4 milhões de metros cúbicos, disponibilizando uma vazão de 8,7 mil litros de água por segundo. Ambos vão abastecer municípios das região.

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente se manifestou através de nota. No comunicado, disse que as barragens de Pedreira e Duas Pontes “em nada se assemelham à barragem de Córrego do Feijão, que desabou em Brumadinho”. O posicionamento diz que as barragens são “construídas para armazenamento de água”, que “o método construtivo segue um rigoroso plano de segurança” e que haverá um sistema de controle para reduzir os riscos de extravasamento.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

HC supera capitais em total de UTIs

A Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, administra neste período de pandemia 140 leitos exclusivos de UTI para Covid-19 e agora se prepara para atender