Giovanni defende pênalti e Guarani vence o Botafogo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Guarani fez uma boa partida e venceu o Botafogo, neste domingo por 2 a 0, no Brinco de Ouro.

Um dos destaques do Bugre na partida foi o goleiro Giovanni que defendeu um pênalti cobrado por Bruno Moraes aos 31 minutos do primeiro tempo.

Aos 40, o ex-bugrino Evandro perdeu a bola no meio campo. Ricardinho fez o passe para Fernando Viana que chutou cruzado para Thiago Ribeiro mandar para as redes.

Na segunda etapa, as duas equipes fizeram um jogo bem aberto e ambas tiveram chances de marcar.  Felipe Saraiva teve a grande chance de empatar o jogo aos 39 minutos. Cara a cara com Giovanni, o ex-pontepretano chutou a bola por cima do gol.

Aos 44,  Fabrício Bigode fez um belo passe para Diego Cardoso que driblou o goleiro Rodrigo Viana e marcou o segundo gol bugrino.

O Guarani agora pensa na Copa do Brasil. Quarta-feira joga no Rio Grande do Sul contra o Avenida, às 20:30. Pelo regulamento da primeira fase a equipe visitante tem a vantagem do empate.

Classificação – Grupo B

1- Novorizontino- 11

2- Palmeiras – 10

3 – Guarani – 10

4 – São Bento –  3

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Campinas sofre a quinta derrota na Superliga de vôlei

Depois de ser eliminado da Copa do Brasil, no meio de semana, Campinas perdeu a quinta partida na Superliga Masculina de Vôlei.

O time campineiro foi derrotado por Blumenau, em Santa Catarina, por 3 sets a 1, parciais de 28/26; 20/25; 25/22 e 25/20.

Foto: Carlos Erbs

Campinas perde e está fora da Copa do Brasil de vôlei

A equipe masculina de vôlei de Campinas foi derrotada pelo SESC/Rio de Janeiro nesta quarta-feira por 3 sets a 1 e deu adeus à Copa do Brasil nas quartas de final. O jogo, disputado no Rio da Janeiro, teve as parciais de 25/14; 25/19; 22/25 e 25/22.