Projeto de concessão de rodovias na região de Piracicaba é criticado e Artesp tenta minimizar os questionamentos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Governo do Estado de São Paulo anunciou o novo projeto de concessão de rodovias paulistas, que inclui a região de Piracicaba.

O projeto cita a instalação de pedágios nas rodovias SP-304, que liga Piracicaba a Americana, e Piracicaba a São Pedro, assim como na SP-308, entre Piracicaba e Charqueada, também na rodovia Carlos Mauro (SP-191), e entre Charqueada a São Pedro.

A instalação de praças de pedágio já causa polêmica. Para Léo Tofaneto, criador da página no Facebook Amigos da SP-304, a rodovia Luiz de Queiroz é considerada uma grande avenida pela população das cidades vizinhas a Piracicaba e a vinda do pedágio, mesmo que seja o sistema ponto a ponto, vai representar muito prejuízo aos usuários. Outra ponto negativo segundo ele é o fato do Governo investir e depois privatizar.

De acordo com Giovani Pengue Filho, Diretor Geral da Artesp, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte de São Paulo, ainda falta conhecimento do projeto por parte dos que  criticam o projeto.

Ele minimiza os questionamentos da instalação das praças de pedágio com os investimentos que serão empregados pelos vencedores da concessão. O previsto para um período de 30 anos é de  R$ 9 bilhões.

Além das duplicações e  vias  marginais, o Diretor Geral da Artesp explicou também que o preço do pedágio nas praças atuais da centrovia terão redução de ate 20% e tarifa flexiva por frequencia para viagens curtas de um município vizinho para o outro. Além disso o sistema tag terá mais 5% de desconto.

O novo projeto será debatido em audiências públicas agendadas para os dias 11 e 12 de março, em Bauru, Rio Claro e Osvaldo Cruz e as  consultas publicas e sugestões podem ser feitas no site www.artesp.sp.gov.br.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Itens relacionados