Reforma da previdência é motivo de dúvidas entre trabalhadores e especialistas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A reforma da Previdência Social, que está prestes a ser encaminhada pelo Governo congresso, ainda é motivo de dúvidas entre a população e também entre advogados especialistas em  assuntos previdenciários.

O motivo de tanta preocupação não poderia ser diferente, afinal, é algo que vai interferir na vida de todos os cidadãos brasileiros, sobretudo aqueles que ainda não se aposentaram.

A autônoma Carla Moreira faz parte da lista dos brasileiros que estão na dúvida. De acordo com ela por enquanto nada é claro.

A informação mais concreta sobre a reformada da previdenciária é a idade minima de 65 anos para os homens e 62 anos para as mulheres.

A domestica Ivone Ferreira também está cheia de duvidas. Ela, que trabalha desde a adolescência, não sabe quando poderá se aposentar.

Até mesmo os especialistas em previdências ainda estão com duvidas sobre a reforma. Para o advogado Vinícius Fluminhan, especialista em direito previdenciário da Universidade Mackenzie, as dúvidas ocorrem por que até agora não houve o encaminhamento oficial do projeto de mudança da Constituição para que se tenha efetivada a reforma. De acordo com ele,  o período de transição de 12 anos que está sendo proposto é uma das grandes dúvida.

Na opinião do advogado, Vinícius Fluminhan, a idade mínima para a aposentadoria é inevitável.  Para ele, a proposta que será apresentada ao Congresso é mais dura e complicada que a última versão do texto do governo anterior.

A partir do momento em que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) chegar às mãos dos deputados, começará a intensa disputa pelos 308 votos necessários para aprová-la no plenário da Câmara.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também