Secretário de Desenvolvimento afirma que convênios cortados não chegaram a ser estabelecidos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Com os cortes promovidos pelo Governador de São Paulo, João Dória, em contratos de convênios firmados com prefeituras e entidades assistenciais, a população das cidades pequenas, em especial, acaba prejudicada.

Um dos municípios penalizados pela medida foi o de Cordeirópolis, que teve convênio para compra de medicamentos no valor de R$ 250 mil cancelado.

Em entrevista à CBN Campinas na semana passada, o Prefeito de Cordeirópolis, Adinan Ortolan, afirmou que os cortes foram feitos como forma de retaliação política.

Questionado sobre os cortes e cancelamentos de convênios firmados com prefeituras e entidades, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, disse que os convênios foram feitos sem previsão orçamentária.

Ainda de acordo com Vinholi, os convênios cortados não chegaram a ser estabelecidos: existia apenas uma intenção de contrato.

Com os cancelamentos, centenas de municípios foram prejudicados, além de entidades assistenciais como a APAE. O secretário afirma que será dada a devida atenção às APAEs, mas deve ser estabelecido empenho orçamentário prévio.

Os prefeitos do Estado de SP devem ser convidados para uma reunião em março, onde serão definidos os setores que receberão investimentos do Governo, de acordo com as demandas apresentadas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos