Pessoas com autismo e acompanhantes terão atendimento prioritário em Campinas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

As pessoas com autismo e seus acompanhantes terão atendimento prioritário garantido por lei em Campinas. Isso porque o prefeito Jonas Donizette sancionou nesta terça-feira, dia mundial de conscientização do transtorno, a nova legislação que determina esse cumprimento. Com isso, qualquer estabelecimento que faça atendimento ao público, como lojas, bancos e restaurantes, terá que se adaptar para dar preferência no atendimento. O novo texto da lei inclui autistas e seus acompanhantes entre as pessoas com direitos de serem atendidas primeiro, como já acontecem com idosos, deficientes, grávidas e doadores de sangue.

A lei também estabelece a colocação de placa de identificação, com o símbolo do Transtorno do Espectro Autista (TEA), nos estabelecimentos comerciais do município. O autismo não é uma deficiência aparente, por isso, o símbolo contribuirá para que as pessoas tenham um olhar diferente para esta situação. De acordo com a secretária de assistência social, pessoa com deficiência e direitos humanos de Campinas, Eliane Jocelaine Pereira, a lei atende uma necessidade da população que sofre com o transtorno. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, disse que o atendimento prioritário a esse público é justo e necessário.

Os estabelecimentos comerciais terão um prazo de 30 dias, a partir da sanção da lei, para disponibilizarem os informativos sobre o atendimento preferencial aos autistas e seus acompanhantes. A fiscalização continua sendo de responsabilidade do Procon, a exemplo das demais prioridades.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também