Unicamp bate recorde de patentes concedidas pelo INPI

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Arquivo CBN Campinas

A Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp, encerrou 2018 batendo seu recorde de patentes concedidas pelo Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI). No total foram concedidas 71 patentes a universidade.

Entre as patentes concedidas , está um processo para criação de um sensor biodegradável que detecta rapidamente alimentos impróprios para o consumo. A novidade foi desenvolvida na Faculdade de Engenharia Química. Outra patente concedida está no campo da difusão sonora. Trata-se de um conhecimento geométrico que pode ser usado na arquitetura e construção civil, oferecendo conforto ambiental com controle de ruídos.
A estrutura proposta também permite a difusão sonora, desejada em ambientes de escuta técnica e de prática musical.

Os dados foram revelados no no recém divulgado Relatório de Atividades 2018 da Agência de Inovação.

O diretor-executivo da Agência de Inovação Inova Unicamp, Newton Frateschi, atribui o  recorde ao fato da Agencia identificar e encaminhar ao IMPI o que realmente pode ser protegido.

No ano passado a Agencia registrou 113 comunicações de invenções, deste total 72 pedidos de patentes foram depositados no INPI e 71 patentes concedidas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também