Em visita a Louveira, João Doria atribui a governos passados crise na Saúde e em Delegacias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Durante evento de inauguração do Centro de Inovação da P&G, em Louveira, na manhã desta terça-feira, o Governador de São Paulo, João Doria, disse que o sucateamento das delegacias do Estado, apontado em relatório do TCE, terá que ser resolvido através do setor privado. A fiscalização ordenada foi feita em 275 unidades de 225 cidades do território paulista para verificar as condições de trabalho e de atendimento à população.

Só em municípios da região de Campinas, o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo encontrou problemas físicos e estruturais em 17 delegacias de polícia. De acordo com João Doria, o governo anterior não fez previsão de recursos no orçamento para reformas de delegacias e, por isso, disse estar buscando recursos no setor privado. A região de Campinas será contemplada no ano que vem. De acordo com o planejamento de Doria e a cidade de São Paulo será a primeira a receber o investimento, em delegacias e no Deic.

Ao ser questionado sobre um possível apoio para tentar solucionar a crise da Saúde em Campinas, o Governador também culpou governos anteriores, mas desta vez, nem o estadual e nem o municipal, mas o Federal, de dois anos atrás. Os hospitais de Campinas que atendem pelo SUS estão com seus PS e suas UTIs adultas e pediátricas funcionando acima da capacidade. No último domingo, um bebê de seis meses morreu quando ainda estava no Pronto Socorro do Hospital Municipal, aguardando uma vaga na UTI, superlotada e sem leitos disponíveis.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos