Polos de desenvolvimento do governo podem abranger comércio e serviços, diz secretária

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O governo de São Paulo anunciou a criação de onze polos de desenvolvimento industrial no Estado, e Campinas está em nove deles.

A medida, segundo o governador João Dória, deve melhorar a infraestrutura nas regiões que receberão os incentivos, dando acesso diferenciado a crédito, simplificando licenças e também melhorando condições fiscais e tributárias.

Não estão previstos gastos adicionais na implantação do programa.

De acordo com a Secretária Estadual de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, os polos de desenvolvimento industrial devem contribuir para a redução do desemprego em São Paulo.

Para isso, deve ser feito um estudo para identificar as falhas tanto de mercado como de governo.

Patrícia Ellen explica que a indústria é a primeira fase de um processo que compreende também comércio, serviços, turismo, agricultura e tecnologia.

Os benefícios serão concedidos de acordo com a necessidade de cada setor.

Serão beneficiados os setores farmacêutico metalúrgico, de máquinas e equipamentos, automotivo, químico, borracha e plástico, petroquímico, de biocombustíveis, alimentos e bebidas, têxtil, vestuário, couro e calçados, tecnologia e ecoflorestal.

A secretária afirma que algumas medidas abrangem todos os polos, mas outras são específicas de cada setor.

O governo também pretende capacitar mão de obra através do Centro Paula Souza, gestor das escolas técnicas estaduais.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Itens relacionados