Após aumento na tarifa, falha na recarga deixa usuários sem passagem

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

No 1º dia útil depois do aumento na tarifa de ônibus de Campinas, nesta segunda-feira, os passageiros já tiveram problemas com o serviço prestado pelo sistema de transporte urbano da cidade. Uma falha no sistema impossibilitou o carregamento do Bilhete Único. Como o dinheiro não é mais aceito dentro dos coletivos, os usuários tiveram que se virar como puderam. Robson Santos conta que o problema persistiu na terça-feira.

A passagem de ônibus em Campinas ficou 5,81% mais cara, com o valor do Bilhete Único passando de R$ 4,30 para R$ 4,55. O passe estudante, que tem 60% de desconto, custa agora R$ 1,82 e o passe universitário, com 50% de desconto, foi a R$ 2,28. Quem paga a passagem com QR Code e Vale Transporte, vai desembolsar R$ 4,95. Um valor, que para Jandira Oliveira não vale o serviço oferecido.

Claudia Cristina também ficou indignada com o novo reajuste e questiona a qualidade do serviço oferecido. Segundo a prefeitura de Campinas, o reajuste faz parte do processo de atualização dos valores da tarifa, que não foi alterada nos últimos 18 meses. O aumento ficou abaixo da inflação do período, que foi de 6,08%, segundo o IPCA. Sobre a falha no sistema, a nota informa que a situação foi normalizada na tarde de segunda-feira.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos