Manifestante do MST morre atropelado em protesto

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Valéria Hein

Um senhor de 73 anos morreu atropelado na manhã desta quinta-feira e um jornalista ficou ferido durante um ato de famílias da Ocupação Marielle Vive em Valinhos. Luís Ferreira foi socorrido, mas já chegou sem vida ao Hospital.

O Comandante da Guarda Civil de Valinhos, Sidinei Aureliano, informou que, de acordo com testemunhas, um homem com uma caminhonete em alta velocidade avançou o veículo contra os manifestantes. A Polícia busca imagens em câmeras de vigilância para tentar identificar o responsável pelo atropelamento, que fugiu do local.

De acordo com Tassi Ribeiro, da coordenação do MST, no momento do atropelamento, as famílias entregavam à população alimentos produzidos no acampamento e de forma pacífica pediam aos órgãos públicos o fornecimento de água para a ocupação.

O cinegrafista sofreu ferimentos na cabeça e escoriações pelo corpo. Foi socorrido numa Unidade de Pronto Atendimento, onde passou por exames e foi liberado algumas horas depois. A Ocupação Marielle Vive, que existe desde 14 de abril de 2018, abriga cerca de mil famílias e está localizada na Fazenda Eldorado.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também