Prefeito de Campinas anuncia prazos para três unidades de saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
AME Campinas foi levantado no terreno ao lado do Hospital Mario Gatti (Foto: Divulgação/PMC)

Apesar das criticas sobre a área da saúde pública o Prefeito de Campinas,  Jonas Donizette, afirmou que que a cidade vive uma situação privilegiada em relação ao restante do país.

Em entrevista a CBN, ele afirmou que desde inicio da sua gestão reformou 90% da rede e construiu 20 centros de saúde. Além disso, irá entregar até o final do mandato o Pronto Socorro Metropolitano , a AME da Avenida faria Lima e a UPA do Jardim Carlos Lourenço.

Sobre essa unidade de saúde explicou o porque do problema que se arrasta a quase 10 anos. A promessa é inaugurar a UPA em novembro deste ano.  Em relação a AME da Avenida Faria Lima, que já está com o prédio concluído, a estimava é praticamente a mesma. A novidade é que ela será custeada pelo Governo do Estado em 100%.

Já a o Pronto Socorro Metropolitano, que está sendo erguido na Vila Padre Anchieta, a estimativa de conclusão é até o final do primeiro semestre de 2020. De acordo com o  Jonas Donizette,  a prefeitura irá assumir a administração da unidade, mas, a proposta é de transferir para o Governo do Estado.

Ainda sobre as obras na área da saúde publica,  sem citar datas,  o Prefeito  explicou que irá iniciar a construção do Hospital da Mulher.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também