Homem é condenado por torturar filhos de ex-companheira em Santa Bárbara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Um homem foi condenado a cinco anos de prisão por torturar quatro crianças, com idades entre um e cinco anos de idade, por várias vezes no ano de 2015, em Santa Bárbara d’Oeste.

O condenado era padrasto das crianças. A mãe delas também foi condenada a dois anos e dois meses de prisão por omitir a conduta do então companheiro dela.

A criança que à época das agressões tinha um ano chegou a ficar 11 dias internada com quadro de desnutrição, e apresentava feridas na boca. Segundo a avó materna das crianças, o homem colocava um saco plástico na boca do bebê para que ele não chorasse.

Uma das crianças, de quatro anos, disse em depoimento que o homem chegou a esquentar uma agulha para espetar os pés dele e da irmã. A mãe das crianças admitiu que o homem as espancava, não deixava elas brincarem e que não permitia que elas fizessem barulho, pois eles viviam em um apartamento pequeno. Além disso, as crianças seriam agredidas por não limpar e casa e não lavar o banheiro.

O caso veio à tona em julho de 2015, quando a mulher se separou do agressor e voltou a viver com a mãe dela, avó das crianças, que percebeu que elas apresentavam hematomas. Ela decidiu comunicar o caso à Polícia e ao conselho tutelar.

O homem foi condenado a cinco anos e dois meses de prisão em regime fechado. a mãe a dois anos e dois meses em regime semiaberto. Eles terão ainda de pagar multas de mais de R$ 2,6 mil.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos