Outubro Rosa conscientiza e alerta sobre mitos e boatos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O Outubro Rosa é um período de aumento de debates e informações sobre o câncer de mama. No entanto, este importante período de conscientização acaba se tornando uma oportunidade para disseminação de fake news e boatos, compartilhados pelas redes sociais. Com isso, especialistas no assunto têm procurado desmistificar alguns mitos que têm sido atribuídos como causas do câncer de mama.

Andrea Morais, oncologista do Centro Paulista de Oncologia, considera esse tipo de prática um desserviço para a população, que não ajuda nas campanhas sérias de prevenção da doença, responsável por mais de 450 mil mortes por ano no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. Entre os mitos mais comuns relacionados ao câncer de mama, estão usar sutiãs para dormir ou peças com aro. Especialistas garantem não haver relação entre tumores e o fato de os seios estarem “livres” ou “presos”.

Andrea Morais cita ainda como um exemplo sem lógica para a causa da doença, o uso de sutiãs pretos em dias de sol. De acordo com Andrea, outro mito comum é relacionar o câncer de mama ao uso de desodorantes. A médica afirma que estudos realizados de maneira muito aprofundada nunca encontraram evidências que ligassem antitranspirantes ou qualquer outro tipo de desodorante às causas da doença.

Para Andrea, o que deveriam ser divulgadas são as atitudes saudáveis que realmente podem evitar a doença, como alimentação saudável e exercícios físicos. As principais causas do causas do câncer de mama estão relacionadas a histórico familiar, questões hormonais e obesidade.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Itens relacionados