Assaltos em Viracopos e rodovias somam quase R$ 41 milhões

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Não é de hoje que quadrilhas fortemente armadas atuam no Aeroporto de Viracopos em Campinas e também nas rodovias que dão acesso a um dos principais terminais aeroportuários do Brasil. Desde 2012 para cá, o montante roubado no terminal ou nas rodovias próximas, por onde circulavam os caminhões que tinham acabado de deixar o terminal ou chegavam até ele, somam quase R$ 35 milhões.

Em março de 2018, uma quadrilha fortemente armada roubou US$ 5 milhões de dólares, que tinham como destino Zurique, na Suíça. Segundo a Polícia Federal, o valor estava em um avião da Lufthansa que foi carregado em Guarulhos e fez uma escala em Viracopos para pegar mais carga antes de seguir viagem para a Suíça. Na ocasião, ninguém foi preso.

Em setembro de 2015, ladrões roubaram componentes eletrônicos avaliados em R$ 1 milhão na altura do km 50 da Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí. De acordo com a Polícia Militar, a carga seria levada do aeroporto, em Campinas, para o centro de distribuição da Samsung em Barueri, Grande São Paulo. 

Em maio de 2015, um caminhão com peças e componentes eletrônicos avaliados em R$ 800 mil foi roubado, após deixar o Aeroporto de Viracopos. O veículo levaria os produtos para a fábrica da multinacional Samsung, na Rodovia D. Pedro I, quando o motorista do caminhão foi abordado na Anhanguera, perto da alça para o Anel Viário José Roberto Magalhães Teixeira.

Em abril de 2015, uma carga de telefones celulares estimada em R$ 2,5 milhões foi roubada na Rodovia Adalberto Panzan, que liga a Anhanguera à Bandeirantes. O transporte seria feito do Aeroporto de Viracopos até a cidade de Sumaré, quando o caminhão foi interceptado por 11 homens. À época, a Polícia Civil destacou que os itens eram “de última geração” e foram transferidos para quatro carros e uma van usada pela quadrilha.

Em fevereiro de 2015, um grupo armado invadiu o terminal de cargas de Viracopos e roubou cerca de R$ 11 milhões em processadores de aparelhos de telefonia celular. De acordo com a Polícia Federal, oito criminosos encapuzados participaram da ação, que durou quatro minutos. A carga, proveniente de Cingapura, ficou por uma semana no terminal e seria levada para a empresa Flextronics, em Jaguariúna.

Em julho de 2014, um motorista que transportava uma carga de componentes eletrônicos avaliada em quase  R$ 400 mil, segundo a Polícia Civil, foi alvo de criminosos na alça de acesso da Rodovia Santos Dumont para a Rodovia dos Bandeirantes no sentido capital. O condutor levava os produtos do Aeroporto de Viracopos para uma montadora de eletrônicos em Jundiaí quando foi alvo de uma emboscada. Os ladrões usaram fuzis e transferiram a carga para outro caminhão antes de fuga. Não houve feridos e ninguém foi preso.

Em outubro de 2012, um grupo armado com metralhadoras e pistolas invadiu o aeroporto e roubou uma carga de produtos da fabricante Apple avaliada em R$ 3,9 milhões. À época, a Polícia Civil informou que oito funcionários e vigilantes do galpão da companhia aérea TAM Cargo foram rendidos durante a ação, antes dos ladrões fugirem com 12 lotes carregados de iPhones e iPads.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos