Vizinhos da mulher feita refém após assalto em Viracopos amanhecem no dia seguinte ainda assustados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Os moradores da Rua Sócrates, na região do bairro Vida Nova, em Campinas, amanheceram ainda assustados no dia seguinte após assalto em Viracopos. Foi para esta rua que alguns dos cerca de 20 criminosos da quadrilha fugiram, fazendo reféns um serralheiro que consertava o portão de uma casa e em seguida uma mãe que estava com um bebê em outra casa.

Uma moradora da rua, que pediu para não ser identificada, conta que foi um momento de muita correria, gritos e a movimentação de policiais. Durante a negociação para tentar libertar a refém, o criminoso começou a demonstrar agressividade, momento em que foi necessária a intervenção de um sniper, atirador de elite da Polícia Miliar, porque, segundo a PM, a vida da refém estava em risco.

O bandido morreu e a mulher foi ferida e está na UTI do Hospital da PUC de Campinas, após passar por uma cirurgia de 6 horas. A ocorrência começou no terminal de cargas do Aeroporto de Viracopos, com tiroteios que causaram pânico também nos terminais de embarque e desembarque. Houve correria e passageiros e funcionários precisaram procurar abrigo para se esconderem.

Quatro voos foram cancelados e trinta e dois sofreram atrasos. O terminal chegou a ficar fechado para pousos e decolagens das 10h às 10h20. Uma situação que gerou uma sensação de insegurança para a usuária do terminal, a engenheira florestal, Dany Caldeira. Para a gerente escolar, Zélia Ferreira, no entanto, o fato foi isolado e poderia ter ocorrido em qualquer lugar. Três bandidos foram mortos pelos policiais. O alvo da quadrilha foi uma empresa de transportes de valores e dois malotes foram encontrados.  Não foram divulgadas quantias.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos