Antes do Dérbi, Guarani perde e Ponte Preta empata

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Estádios de Guarani e Ponte Preta (Foto: Divulgação)

Faltando quatro dias para o Dérbi 195, Guarani e Ponte Preta entraram em campo nesta terça-feira pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e nenhum dos dois venceu. O Bugre foi derrotado pelo Bragantino, em Bragança Paulista, por 3 a 1, enquanto a Ponte empatou com o São Bento em 1 a 1, em casa.

A derrota bugrina teve uma arbitragem ruim e que prejudicou os dois times. O árbitro gaúcho, Roger Goulart, deixou de marcar um pênalti para o Bragantino em um toque no braço de Arthur Rezende dentro da grande área, no primeiro tempo. Na segunda etapa, aos 17 minutos, após cobrança de falta, Ryllyer em impedimento claro abriu o placar para os donos da casa. Erro da assistente Luiza Reis que não marcou a irregularidade.

Aos 30 minutos, o lateral-esquerdo Bidú cometeu pênalti em Wesley, convertido por Pio, 2 a 0. 12 minutos depois, Lenon errou o passe e Pedro Naressi colocou a bola no ângulo de Jéferson Paulino, fazendo 3 a 0. O Guarani ainda diminuiu, aos 46, com Bady, depois de um levantamento na área.

Com a derrota, o Bugre caiu para o 14º lugar com 39 pontos, a 5 da zona do rebaixamento. Nenhum jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e o time deve ter força máxima para o Dérbi. Com a vitória, o Bragantino conquistou o acesso à primeira divisão, com cinco rodadas de antecedência.

Ponte Preta x São Bento

Já no Moisés Lucarelli, para apenas 925 torcedores, a Ponte Preta empatou com o lanterna São Bento por 1 a 1. Foi o sexto jogo consecutivo sem vitórias ( 5 empates e 1 derrota). A Macaca saiu na frente aos 19 minutos do segundo tempo com o meia Vico, mas sofreu o empate aos 31 minutos com gol de Raphael Martinho.

O time de Sorocaba reclamou de um pênalti não marcado pelo árbitro Douglas Flores.A Ponte terminou a rodada com 43 pontos na 11ª colocação. A exemplo do Guarani, a Ponte não tem jogador suspenso para o Dérbi de sábado, às 16h30, no Brinco de Ouro.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Ex-técnico de Guarani e Ponte, Vadão morre vítima de câncer

Faleceu nesta segunda-feira, vítima de câncer no fígado, o técnico Vadão, aos 63 anos. Com passagens marcantes por Mogi Mirim, Guarani e Ponte Preta e ex-treinador da Seleção Brasileira feminina de futebol, o técnico Osvaldo Alvarez estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Vadão começou o tratamento em janeiro após exames de rotina.

Maioria dos jogadores é a favor da volta do futebol

Em entrevista ao CBN Esportes desta sexta-feira, o presidente da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol, Felipe Augusto Leite, informou que a maioria dos jogadores é a favor da volta do futebol mesmo com o aumento do número de casos da covid-19 no país. Uma pesquisa detalhada sobre a opinião dos jogadores deve ser divulgada na próxima semana.

Eli Carlos morre em Campinas aos 66 anos

Faleceu na manhã desta sexta-feira, em Campinas, o ex-jogador e técnico Eli Carlos, aos 66 anos. Eli Carlos Alberto Pereira nasceu em Ribeirão Preto em 19 de abril de 1954. Em agosto de 2018, ao ser submetido a uma endoscopia, sofreu parada cardíaca ficando em coma induzido.

Presidente do Guarani explica situação com a Magnum

Notificado pela Justiça, o presidente do Conselho de Administração do Bugre, Ricardo Moisés, espera reverter nos próximos dias qualquer possibilidade de perda de receita : ” Nosso relacionamento com Roberto Graziano é o melhor possível, chegaremos a um acordo”, disse  o dirigente ao CBN Esportes desta quinta-feira.