De volta da Seleção, Ivan ganha folga e desfalca Ponte no Recife

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Álvaro Jr/Ponte Press
Foto: Álvaro Jr/Ponte Press

A Ponte Preta enfrenta o Sport nesta quarta-feira, às 21h30, no Recife. Vice-campeão do Torneio de Tenerife com a Seleção Brasileira Sub-23, o goleiro Ivan fica fora do time mais uma vez. O atleta voltou da Europa e ficou em Campinas para descansar. Ygor Vinhas será titular pela terceira partida seguida.

Ivan já completou 100 jogos pela Ponte Preta e a intenção da diretoria é negociar o atleta para fazer caixa. Por isso, o goleiro deve fazer a despedida do clube sábado contra o Brasil de Pelotas, no Majestoso.

O atacante Marquinhos fica à disposição do técnico Gilson Kleina após cumprir suspensão na derrota para o CRB por 2 a 0 no último sábado. Já o volante Washington recebeu o terceiro amarelo e está fora.

A Ponte já está livre do rebaixamento, com 44 pontos, mas não vence há nove jogos no Campeonato Brasileiro da Série B. O jogo desta quarta vale o acesso à Série A para o Sport.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Ponte tem três atletas diagnosticados com covid-19

O Departamento Médico da Ponte Preta já está com os resultados de todos os testes de PCR realizados no último sábado (27) pelos atletas e integrantes da Comissão Técnica para detecção do Coronavírus  (Covid19) e determinou que, inicialmente, cinco atletas e o preparador de goleiros Betão não se apresentarão nesta retomada de atividades do dia 1º .

Ponte divulga nota sobre saída de Roger durante quarentena

A diretoria da Ponte Preta emitiu nota para rebater o comportamento de Roger no último domingo, quando, em quarentena, frequentou um culto religioso. A esposa do atacante já havia testado positivo para a covid- 19 e por isso os cuidados com Roger foram mais específicos.