Acusado de matar médico no Cambuí é preso preventivamente

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valéria Hein

A Justiça decretou nesta quarta-feira a prisão preventiva do empresário acusado de matar um médico no bairro Cambuí, em Campinas. O crime aconteceu na noite desta terça-feira. Odair Fernando Dimas de Barros, de 64 anos, atropelou Mário Sérgio da Silva, de 50 anos, em frente a uma padaria. O fato teria acontecido após uma discussão dentro do estabelecimento. Segundo testemunhas, a vítima entrou na frente da caminhonete do acusado, e morreu na hora. Odair fugiu sem prestar socorro. 

Horas depois, o empresário foi preso pela Polícia Militar na casa onde mora. Ele foi levado para o 1º Distrito Policial, no Botafogo, onde prestou depoimento e foi encaminhado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial, no São Bernardo. Na manhã desta quarta-feira, passou por audiência de custódia, na qual foi definida a prisão preventiva. Ainda não há informações de como a discussão começou ou o que teria motivado a briga. O caso aconteceu por volta das 22h, na Rua Emílio Ribas. Testemunhas anotaram a placa da caminhonete que atropelou a vítima e passaram para a polícia. 

Em diligências, a Polícia constatou que o dono do veículo mora em Campinas, na mesma rua da vítima. Mário Sérgio da Silva trabalhava no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, como neurocirurgião. A unidade de saúde divulgou uma nota de pesar lamentando o falecimento do homem, que trabalhava lá desde 2011, e também se solidarizou com a família. 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também