Jonas descarta influência política de Lula nas eleições de Campinas

Estamos há pouco menos de um ano das eleições municipais de 2020. Quem está no governo, não gosta muito de discutir o assunto em “ano ímpar” mas o cenário político nos bastidores já é de efervescência.

Com a liberdade concedida ao ex-presidente Lula na sexta-feira, 8, uma nova peça é colocada no tabuleiro. Lula é tido por muitos como um grande articulador político e influente cabo eleitoral, além de indicar os candidatos petistas às eleições.

Em Campinas, o economista Marcio Pochmann é a escolha de Lula para cabeça de chapa. Ele que já foi derrotado nas duas últimas eleições. Em 2012 para o prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB) no segundo turno e, em 2016, ficou na terceira colocação.

Para Jonas, a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de mudar o entendimento com relação à prisão em 2º instância e, consequentemente, conceder liberdade a Lula deve ser respeitada. Ele, porém, não acredita em influência política de Lula nas eleições de Campinas em 2020.

“Eu acho que as pessoas votam muito mais no candidato do que em quem alguém manda votar. Eu, certamente, vou escolher alguém mais apropriado. Mas não serei eu que vou eleger. Vai ser a população de Campinas”, opina.

Eleições municipais que já têm vários pré-candidatos. O mais recente é o atual Secretário de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo de Campinas,  André von Zuben(Cidadania). 

Para Jonas, o secretário tem até o mês de abril para deixar o cargo, enquanto isso, não vê problemas dele ficar à frente da pasta. O prefeito, porém, alertou que o governo terá apenas um candidato e que os governistas terão que chegar a um consenso.

“Todos aqueles que quiserem permanecer com essa intenção, deverão se afastar. Do mesmo jeito que eu vou dar a liberdade pra que cada um se manifeste, nós teremos um candidato. O governo não vai pulverizar apoios. Lá na frente a gente vai afunilar em torno de um nome”, define.

As Eleições Municipais de 2020 serão realizadas no dia 4 de outubro, em primeiro turno, e no dia 25 do mesmo mês, em segundo turno.

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.