Polícia Militar define medidas de segurança para o Dérbi

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Em nota enviada à imprensa, a Polícia Militar informou as medidas adotadas para a garantia da segurança dos torcedores e da população no clássico de sábado entre Guarani e Ponte Preta, às 16h30

Nota

1º BAEP Nº 004/05/2019

Natureza do Evento: Partida entre Guarani Futebol Clube e Associação Atlética Ponte Preta válida pela série B do Campeonato Brasileiro 2019

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa – Campinas/SP

Data: 09NOV19

Horário: 16H30

Histórico: A Polícia Militar, por meio do 1º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (1º BAEP), após a realização de reunião preparatória com todos os órgãos envolvidos na realização da partida do Campeonato Brasileiro 2019, entre as equipes Guarani Futebol Clube e A. A. Ponte Preta vem esclarecer as medidas adotadas para a garantia da segurança dos torcedores e da população como um todo:

A partir das 12h30 do sábado (09NOV19) teremos a interdição da circulação de veículos pelas vias Av. Imperatriz Tereza Cristina, Rua Conde D’Eu e Av. Guarani sendo liberado somente o trânsito de moradores.

 Teremos bolsões de segurança em torno do estádio com 08 pontos de triagem, onde não será permitido o acesso de torcedores sem a apresentação de ingresso.

  1. Não será permitida a presença de torcedores da A. A. Ponte Preta no local do evento, conforme Portaria da Federação Paulista;
  2. Não será permitida a entrada nos bolsões de segurança de vendedores ambulantes, assim como de pessoas portando garrafas de vidro e/ou quaisquer outros objetos que coloquem em risco a segurança do evento conforme Decreto Municipal Nº 20.557, de 05 de novembro de 2019;
  3. Orientamos aos torcedores para que realizem o deslocamento para o local e a entrada no estádio com antecedência, a fim de evitar filas e tumultos;
  4. Esclarecemos que os portões serão abertos às 13h30, sendo que de acordo com a normatização vigente não será permitida a entrada de garrafas, sinalizadores e quaisquer outros objetos que coloquem em risco a segurança do público em geral.

Lembramos que todas as medidas adotadas visam garantir a segurança dos torcedores, jogadores, profissionais de imprensa e todos demais profissionais que trabalharão no local e no seu entorno e foram tomadas após planejamento realizado pelos órgãos envolvidos, com a finalidade de termos um evento tranqüilo e pacífico no município. 

                                                  Quartel em Campinas, 07 de novembro de 2019.

            FAGNER ALEXANDRE POMPIANI

               Ten Cel PM – Comandante

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Ex-técnico de Guarani e Ponte, Vadão morre vítima de câncer

Faleceu nesta segunda-feira, vítima de câncer no fígado, o técnico Vadão, aos 63 anos. Com passagens marcantes por Mogi Mirim, Guarani e Ponte Preta e ex-treinador da Seleção Brasileira feminina de futebol, o técnico Osvaldo Alvarez estava internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Vadão começou o tratamento em janeiro após exames de rotina.

Maioria dos jogadores é a favor da volta do futebol

Em entrevista ao CBN Esportes desta sexta-feira, o presidente da Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol, Felipe Augusto Leite, informou que a maioria dos jogadores é a favor da volta do futebol mesmo com o aumento do número de casos da covid-19 no país. Uma pesquisa detalhada sobre a opinião dos jogadores deve ser divulgada na próxima semana.

Eli Carlos morre em Campinas aos 66 anos

Faleceu na manhã desta sexta-feira, em Campinas, o ex-jogador e técnico Eli Carlos, aos 66 anos. Eli Carlos Alberto Pereira nasceu em Ribeirão Preto em 19 de abril de 1954. Em agosto de 2018, ao ser submetido a uma endoscopia, sofreu parada cardíaca ficando em coma induzido.

Presidente do Guarani explica situação com a Magnum

Notificado pela Justiça, o presidente do Conselho de Administração do Bugre, Ricardo Moisés, espera reverter nos próximos dias qualquer possibilidade de perda de receita : ” Nosso relacionamento com Roberto Graziano é o melhor possível, chegaremos a um acordo”, disse  o dirigente ao CBN Esportes desta quinta-feira.