Prefeitura vai pagar para zerar déficit em creches

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Para tentar zerar o déficit na educação infantil, a Prefeitura de Campinas vai pagar para alunos da rede estudar em escolas particulares. Atualmente, o déficit é de 6.500 vagas. O projeto de lei do Executivo, denominado “Creche para Todos”, já foi assinado pelo prefeito, Jonas Donizette, do PSB, e a expectativa é que seja votado antes do recesso parlamentar de final de ano.

A lei irá valer a partir de 2020 e será direcionada a crianças de 0 a 5 anos que estão na fila por uma vaga nas escolas públicas. A Prefeitura vai pagar 280 Ufics, algo em torno de R$ 1.012,00, para alunos de zero a três anos que estudam em período integral. Para crianças de cinco a seis anos no período parcial, o valor será de 170 Ufics. E para alunos da educação especial será acrescido ainda um valor de 100 Ufics.

De acordo com o prefeito, o “Creche para Todos” vai funcionar como uma bolsa de estudos que será paga mensalmente por alunos a instituições que serão credenciadas na Secretaria de Educação. Segundo ele, a principal exigência é a escola não fazer distinção entre os alunos, nem mesmo com o material didático e demais programas e projetos desenvolvidos. “Não pode haver nenhuma diferenciação. A escola vai receber aquele valor e a criança tem que ser tratada de forma igual. Por isso falo em responsabilidade social dos estabelecimentos”, afirma.

Com a provável aprovação do projeto, Jonas acredita que irá zerar o déficit na educação infantil. As crianças encaminhadas ao programa vão obedecer a classificação na lista de espera da rede municipal. Com a aprovação, a Secretaria Municipal de Educação irá estabelecer critérios que devem ser seguidos pelas escolas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também