Rede Hospitalar vai reformar prédio para abrigar Policlínica II

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Rede D’Or, responsável pela construção do Hospital São Luiz, no terreno da antiga rodoviária, em Campinas, fará a reforma do prédio localizado na Avenida Francisco Glicério para a instalação da Policlínica II, que atualmente funciona na Avenida Campos Sales. A afirmação é do prefeito de Campinas, Jonas Donizette, do PSB. 

Segundo ele, foi feito um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) pela empresa em que ela se compromete a realizar a contrapartida pela instalação da unidade hospitalar na Avenida Andrade Neves. No começo do mês, a Prefeitura informou que todo o projeto já foi aprovado e que ainda em novembro a pedra fundamental da obra do hospital será lançada.

Jonas comentou que alguns reparos já estão sendo feitos internamente no prédio em que será instalada a Policlínica, mas que o grosso da obra, ficará a cargo da Rede D’Or. “A gente tá fazendo a área de elevador e de refrigeração do prédio. E agora a Rede D’Or vai entregar pra gente no ano que vem a Policlínica completinha pra atender a população, informa.

Em março de 2018, um TAC também foi assinado e previa a transferência do atual endereço já para o prédio na Glicério, esquina com a Barreto Leme. A mudança era para ter sido feita até meados de fevereiro deste ano.

O acordo, junto ao Ministério Público do Trabalho, foi motivado por problemas estruturais nas salas do prédio atual. Entre eles, falta de manutenção nos elevadores e nas redes elétrica e hidráulica.  Para a realização da obra, o prefeito de Campinas ressaltou a importância das contrapartidas com as empresas.

“Eu gosto de fazer as coisas assim. Você sempre aproveitar uma oportunidade. Então vai ter o hospital, rede particular. Campinas também precisa disso. Mas nós vamos ter também uma melhora pra rede pública. Vamos ter uma Policlínica muito bem estruturada, prédio novinho”, disse Jonas.

O atual prédio da Policlínica II atende entre 250 e 300 pacientes por dia. O novo prédio tem seis andares com 2,76 mil metros quadrados de área construída. A expectativa é que no novo local haja ampliação na oferta de vagas e inclusão de procedimentos que não são oferecidos hoje por conta da infraestrutura do local.

A Rede D’Or foi procurada, mas não respondeu com relação ao Termo de Ajustamento de Conduta citado pelo prefeito de Campinas. Informou apenas que o projeto para a construção do Hospital São Luiz, na Andrade Neves, está em fase de aprovação junto aos órgãos municipais.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos