RMC acumula U$ 8 bilhões de déficit comercial neste ano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A balança comercial da Região Metropolitana de Campinas atingiu, após fechamento do mês de outubro, déficit de U$ 7,8 bilhões de dólares em 2019. O resultado, apresentado em estudo do Observatório PUC-Campinas, ocorre em meio à nova queda no saldo de exportações, 15,6% em relação ao mesmo período de 2018, decorrente sobretudo da diminuição na venda externa de medicamentos e acessórios para veículos motorizados.

A redução na exportação de itens ligados a veículos reforça o forte impacto sofrido pela indústria automobilística na região em 2019: em um ano, a venda de automóveis ao exterior sofreu queda de 55,03%, principalmente devido à crise no principal mercado de destino, a Argentina. Somado ao baixo desempenho neste setor, outro fator que colaborou com o crescimento do déficit foi o aumento da compra de insumos de fora do país.

Só em outubro, houve um acréscimo de 28,31% nas importações na comparação com o mesmo período do ano passado, número que se justifica pela elevação na procura de aparelhos elétricos para telefonia, telegrafia, além de produtos ligados à indústria química e ao agronegócio, como inseticidas, fungicidas, e outros. Para o economista e professor do Observatório da PUC Campinas, Paulo Oliveira, a dependência da indústria local na importação de insumos desequilibra fortemente a balança comercial da RMC. “Isso ocorre porque a indústria local depende da importação de insumos. Para produzir mais, a gente precisa necessariamente importar mais”.

Em 2019, as empresas fixadas na Região Metropolitana de Campinas já importaram 11,5 bilhões dólares, enquanto exportaram 3,6 bilhões, cerca de 1/3 do valor importado. Este desequilíbrio entre importações e exportações já rendeu um déficit comercial regional de US$ 7,84 bilhões, superando o déficit do Estado de São Paulo, que foi de US$ 7,81 bilhões.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos