Comércio encerra contratação temporária e amplia horário

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Flávio Botelho

Até o próximo dia 23 de dezembro as lojas no comércio da área central de Campinas estarão abertas até às 22h para atender a demanda dos consumidores. Para isso, os lojistas foram obrigados a contratar mão de obra temporária. Na maioria das lojas, o número de contratados foi o mesmo que o do ano passado. Em outras, houve diminuição. Em uma loja de variedades localizada na Rua José Paulino, a gerente, Lucia Sartori, explicou que o número de contratados foi o mesmo de 2018. “Contratamos quatro pessoas a mais, pra ajudar no atendimento e na reposição. Isso é pra dar uma prioridade ao nosso cliente”, conta.

Já em uma tradicional loja de calçados no calçadão da Rua Treze de Maio as contratações temporárias foram encerradas em novembro e, segundo o gerente do estabelecimento, Márcio Antunes, neste ano o número foi menor.  “A gente contratou 15 temporários. Doze para vendas e três pra quadro fixo. Prazo de trinta dias de contrato”, detalha. Em uma outra loja do calçadão, especializada em moda jovem, a gerente Cibele Vinicius preferiu não gravar entrevistas, mas explicou que foram contratados 30 temporários. Ela explicou também que eles estão trabalhando com os colaboradores fixos em três turnos diários.

Um dos grandes problemas para o consumidor na área central é a falta de estacionamento. Para o gerente de banco, Douglas Rodrigues, é muito complicado estacionar no centro. “Bem complicado. É uma situação que não tem luga pra você parar. Você fica desesperado”, reclama. Para tentar minimizar o problema do estacionamento na área central neste período de festas de final de ano, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas, Emdec, liberou o estacionamento em 10 ruas. Porém, a medida só é válida para o período noturno, à partir das 18h. Para atender a demanda de consumidores vários estacionamentos particulares também estão esticando o horário até às 23h. Porém.é bom pesquisar, pois a média de preço varia de R$ 10 a R$ 22 a hora.

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também