Nelson Hossri pede que Padre Haroldo seja canonizado

Foto: Câmara Municipal de Campinas

O vereador Nelson Hossri protocolou, nesta quarta-feira, um ofício pedindo que o arcebispo de Campinas, Dom João Inácio Muller, faça a abertura do processo de canonização do padre Haroldo Rahm. O parlamentar acredita que o trabalho do religioso na prevenção às drogas salvou vidas. O processo de santificação precisa ser aberto pelo bispo local.

Em Campinas, a responsável é a Arquidiocese, que deve investigar a vida e encontrar casos que testemunhem a favor dos possíveis milagres atribuídos ao padre Haroldo. Só então as informações são enviadas ao Vaticano para análise.  Padre Haroldo faleceu neste sábado, aos 100 anos de idade. 

Compartilhe!

Pesquisar

PODCASTS

Mais recentes

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Veja também

Por orientação de advogado, Zé Carlos não comparece à sessão da Câmara

No dia em que foi deflagrada a Operação Lambuja, com mandados de busca e apreensão na Câmara e endereços ligados ao vereador Zé Carlos (PSB), o presidente do Legislativo foi orientado pelo advogado dele, Ralph Tórtima Stettinger Filho, a não comparecer à Sessão Ordinária desta quarta-feira.

A sessão desta quarta, no Teatro Bento Quirino, é presidida pela vice-presidente da Casa, Débora Palermo (PSC).

Vereadores de oposição apresentam pedido de investigação contra Zé Carlos

Os vereadores Nelson Hossri (PSD) e Marcelo Silva (PSD) apresentaram nesta quarta-feira um pedido de Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar os fatos envolvendo a suposta cobrança de vantagens indevidas para manutenção ou prorrogação de contratos de empresas terceirizada pelo Legislativo por parte do Presidente da Câmara, o vereador Zé Carlos (PSB).

A defesa de Zé Carlos alega inocência do vereador.

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.