Produção de veículos vai fechar 2019 com aumento de até 3%

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A produção de veículos no Brasil caiu 7,1% no último mês de novembro. Os dados foram divulgados pela Associação das Fabricantes, a Anfavea. A comparação é com o mesmo mês de 2018. De acordo com a entidade, em novembro foram produzidos 227.455 veículos entre automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus. Em novembro de 2018 foram 244.771 unidades.

Na comparação feita com outubro, a queda foi ainda maior e atingiu 21,2%. Porém, segundo o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, a produção total neste ano registrará crescimento de 2% a 3%, na comparação com o ano passado. “Nas vendas, a gente acha que dezembro vai ser um mês bom, então a gente pode atingir mais de 2,8 milhões de veículos emplacados”, afirma.

As vendas de veículos subiram em todo o país e registraram aumento de 5%. Segundo a Anfavea, a média diária de vendas em novembro foi a melhor do ano.  No acumulado de janeiro a novembro, superou as vendas totais de 12 meses de 2016 e de 2017. Já as exportações caíram, especialmente pela crise na Argentina, que é o principal comprador da indústria brasileira. Na comparação feita com novembro do ano passado, a queda foi de 7,9%. No acumulado do ano de janeiro a novembro, a queda foi bem mais acentuada, 33,2% .

Em relação à receita obtida com as exportações de veículos, o setor registrou US$ 511,2 milhões,  em novembro e US$ 6,44 bilhões no acumulado do ano. Apesar das cifras de bilhões de dólares, o número de empregos na indústria automotiva caiu 3,7% nos últimos 12 meses. Para 2020, o setor está otimista, mas com moderação. As previsões de produção, vendas e exportações serão divulgadas dentro da primeira quinzena de janeiro.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também