TAC financia Museu da Paz no casarão do Parque Ecológico

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Arquivo Prefeitura de Campinas

Um Termo de Ajustamento de Conduta assinado por uma empresa privada junto ao Ministério Público, permitiu o financiamento para a criação e construção do chamado Museu da Paz, no casarão do Parque Ecológico Monsenhor Emílio José Salim, em Campinas. O acordo com a justiça permitiu o investimento de R$ 500 mil. O local, vai abrigar além do museu, o Centro de Educação, Memória, Estudos e Cultura Afro-brasileira, que será vinculado à secretaria de assistência social, pessoa com deficiência e direitos humanos.

As unidades que funcionarão no casarão terão como propostas realizar a difusão dos princípios da cultura da paz e dos direitos humanos, a promoção, preservação, divulgação e conservação do patrimônio cultural afro-brasileiro e a investigação das memórias, história e cultura da comunidade negra de Campinas. Além disso, a iniciativa pretende contribuir para a desconstrução de preconceitos e estereótipos, no combate ao racismo e à discriminação racial. O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, relembrou a história de crueldade contra os escravos na cidade. Para ele é simbólico que uma edificação que foi usada como local para manter escravos, seja transformada em um espaço para promover a cultura de paz. “Nós temos um casarão lá no Parque Ecológico, que foi uma casa grande, de escravos. É uma parte muito triste da história da humanidade e da história de Campinas. Campinas era tida como uma região que tratava seus escravos com muita severidade e crueldade. Então nós vamos aproveitar esse Museu da Paz para fazermos as pazes com a nossa história”, afirma.

O prefeito Jonas Donizette sancionou também, durante o lançamento do Museu da Paz e do Centro de Educação, a lei que destina 20% das vagas disponíveis no serviço público municipal para pessoas pretas ou pardas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também