Assaltos assustam em acesso da Dom Pedro em Campinas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Divulgação/ Rota das Bandeiras

Uma alça de acesso que liga a Avenida Carlos Grimaldi à Rodovia Dom Pedro I, em Campinas, virou alvo de bandidos que usam rodas, partes de eixos de carro e pedaços de madeira como obstáculos para obrigar as vítimas a pararem no local. Pelo menos três casos de assalto ou tentativa já foram relatados e chegaram ao conhecimento da Rádio CBN Campinas.

O trecho integra o novo trevo do Galleria Shopping, liberado totalmente para o tráfego no fim do ano passado. O trajeto pode ser usado por quem sai da Avenida Carlos Grimaldi, na Vila 31 de Março, em direção ao sentido Iguatemi da Dom Pedro, na altura do km 131. A via é ladeada por defensas metálicas e não tem qualquer tipo de iluminação.

O apresentador do CBN Cultura, Leonardo Cassano, foi assaltado quando trafegava pelo local em 2019, quando o caminho já estava liberado, mesmo com o resto do complexo em obras. Ele foi cercado, rendido e teve o carro roubado. “Levaram meu carro. Fiquei ali exposto na rodovia, e no escuro. E agora o que eu tenho feito é evitar aquele trecho, principalmente no período noturno. Porque não há visibilidade e as pessoas se confundem com o mato”, relata ele.

O engenheiro Rogério Passos conseguiu escapar. Em meados de janeiro, conta que saiu de casa por volta das 22h30 e conseguiu desviar de objetos colocados na pista. Ele viu quando o bando criminoso tentou obrigar ele a parar o veículo. “Era uma roda deitada no chão com um eixo na vertical. E, se batesse, provavelmente teria que parar. Aí eu vi os três sujeitos, mas desviei dos obstáculos e praticamente subi na guia. Estava atento e acabei passando”, diz.

Relatos de quem costuma passar pela região circulam nas redes sociais. Em um deles, a Guarda Municipal foi chamada ao local, onde prendeu um bandido que tentava assaltar motoristas usando cones para obrigar a parada dos automóveis. A CBN Campinas também entrou em contato com a Polícia Militar. Um posicionamento do 8º Batalhão da 2ª Companhia, responsável pela área, foi prometido, mas a resposta não foi enviada até o fechamento da reportagem.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também