Campinas esboça reação na criação de empregos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Valéria Hein

Campinas teve saldo de mais de 2,7 mil empregos em 2019. Este é o segundo ano seguido de resultados positivos na cidade. Em 2018, o superávit foi até maior: 4,9 mil oportunidades. E o último ano com mais vagas abertas do que fechadas foi 2013. A série negativa de 2014 a 2017 teve ápice de -15,6 mil em 2015. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados.

Dentro dessa realidade, o destaque vai para a construção civil. Em Campinas, o setor puxou os dados com saldo exato de 1.129. Foram 10.324 vagas criadas em 2019, contra 9.195 fechamentos. O balanço é da Associação Regional da Habitação, a Habicamp. O presidente da entidade, Francisco de Oliveira Lima, é otimista. Para ele, os números indicam que 2020 será ainda mais favorável. “Fechamos 2019 no positivo e tenho a expectativa de um ano melhor”, diz

Mas outro setor também chamou a atenção na criação de empregos. As pequenas empresas abriram 3,7 mil novas vagas em 11 meses de 2019. O índice é do Sebrae-SP com base no Caged de janeiro a novembro. O gerente do serviço estadual em Campinas, Nilcio Freitas, também é otimista.

Ele defende que o mercado de novos negócios está aquecido. Com isso, é normal que as empresas menores contratem mais. “As empresas começam pequenas, então é tendência que gerem mais”, afirma. O saldo das MPEs representa 69,9% do total gerado em 11 meses na cidade.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também