Fios soltos e amarrados aos postes preocupam

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Flávio Botelho

A grande quantidade de fios soltos e amarrados em postes de iluminação pública em todo o quadrilátero envolvendo as ruas Barreto Leme, Luzitana, César Bierrenbach e Barão de Jaguara é visível e preocupante. O problema pode ser verificado em toda a extensão da Rua César Bierrenbach. Segundo o comerciante Ângelo Coelho, é comum caminhões enroscarem na fiação. “Eu acho muito preocupante. Eu já vi nessa esquina muitos caminhões enroscando. Tem dia que você chega de manhã e tem fio caído”, conta. Para o sociólogo, Israel Marcuso, o grande problema é rede de telefonia e internet. “Porque a CPFL fez um trabalho e levou a fiação dela há uns cinco meses atrás, mas os outros permanecem”, reclama.

Na Rua Coronel Rodovalho, a situação não é diferente e há fios soltos e rolos do material espalhado por quase toda a extensão da via. Bem próximo ao estacionamento onde trabalha o manobrista João Batista de Brito, os fios estão expostos no meio da calçada, o que obriga os pedestres a desviarem o caminho. “Tem fio no chão, tem fio pendurado. Tá feio. As pessoas precisam pular pro outro lado por conta dos fios. Eu até já bati a cabeça em um fio”, afirma.

Na Rua Luzitana, próximo à esquina com a Rua General Osório, a situação também é perigosa, porque há uma caixa da rede de telefonia aberta e sem tampa, com toda a fiação exposta. O mesmo problema pode ser notado na Rua Doutor Quirino. O escritório onde trabalha a secretária Nancy Stoppato, fica próximo à esquina com a Rua Barreto Leme. Segundo ela, a situação é ruim, mas já foi pior. “Antes não tinha onde passar”, diz.

Para o corretor de imóveis Marcelo Leone, que mora em um prédio na Rua Thomás Alves, a falta de manutenção na fiação é evidente. Em sua opinião, o ideal seria implantar um projeto semelhante ao que foi feito na Avenida Francisco Glicério, onde o problema foi resolvido com os cabos subterrâneos. “Seria uma ótima ideia. Seria um padrão ótimo pra cidade inteira. Do jeito que tá, é bastante precário”, defende.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também