Bar funcionou além do permitido na noite do crime

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O bar Velho Casarão, em Campinas, funcionou pelo menos duas horas e meia além do horário permitido na noite em que Andrew Silva Jaroczinski foi morto. Imagens divulgadas pelo próprio estabelecimento confirmam a irregularidade. O local, que fica na Praça Bento Quirino, no centro, foi o ponto de origem de uma confusão que se estendeu por ruas próximas e culminou na morte do jovem de 19 anos. A vítima, que foi esfaqueada e espancada, foi sepultada nesta terça.

A Polícia Civil investiga e os garçons e um dos sócios do bar são apontados por testemunhas como suspeitos. Até o momento, eles não foram ouvidos oficialmente, mas o estabelecimento se manifestou através de uma rede social. Os horários mostrados nos vídeos postados indicam que a discussão entre um grupo e funcionários do Velho Casarão começou antes de meia-noite e meia de domingo. O bar, porém, só tem alvará de funcionamento até às 22 horas.

A confirmação foi feita pela Prefeitura, que detalhou que o comércio já havia sido advertido após uma denúncia de desrespeito ao horário. Conforme o Executivo, em caso de mais reclamações, o local poderia ser multado e fechado. O texto do bar que acompanha as imagens das câmeras de segurança alega que as gravações foram enviadas à polícia e “esclarecem mais do que palavras”. Além disso, diz que depoimentos serão prestados e a “Justiça será feita”.

Nos vídeos é possível ver quando um homem sem camisa agride um dos garçons. A confusão se intensifica e não é possível definir que Andrew está entre os envolvidos, mas o jovem aparece em uma das cenas se afastando da briga. A identificação da vítima é possível pelas roupas que ele usava e que podem ser vistas nas imagens do imóvel de uma via próxima. No vídeo, ele é derrubado e é cercado e agredido por vários homens. Depois, fica caído no meio da rua.

Nessa gravação também é possível identificar que a confusão aconteceu depois do horário de fechamento do bar definido em lei. As imagens foram gravadas cerca de 15 minutos depois dos vídeos postados na rede social do Velho Casarão. As postagens do estabelecimento foram feitas entre a noite de segunda e a madrugada de terça e ficaram disponíveis por cerca de 17 horas no Instagram. No início da tarde, no entanto, o perfil foi desativado e o conteúdo foi apagado.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também