Delegado ouve dono de bar onde jovem esteve antes de morrer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O delegado titular do 1º Distrito Policial de Campinas, Hamilton Caviolla, ouve na tarde desta quarta-feira, 12, o dono do bar Velho Casarão, onde Andrew Silva Jaroczinski, de 19 anos, esteve antes de morrer. O homem entrou na delegacia acompanhado de dois advogados.

O proprietário e pelo menos quatro funcionários do estabelecimento aparecem em imagens de segurança brigando com um grupo de jovens em frente ao local, na Praça Bento Quirino, no centro. O registro foi feito antes de a vítima ser espancada e esfaqueada.

Outras imagens gravadas em uma rua próxima ao bar mostram quando Andrew é derrubado e cercado e passa a ser espancado. Por isso a intenção da Polícia Civil é apurar e detalhar o envolvimento das pessoas ligadas ao bar com a confusão e a série de agressões.

Além do dono do Velho Casarão, outro homem, que seria funcionário do comércio, também está no 1ºDP e aguarda para ser ouvido. Nenhum deles falou com a reportagem. Mas a expectativa é que o próprio delegado responsável pelo inquérito detalhe as duas oitivas.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também