Prefeito de Nova Odessa é réu por desvio de verba

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O prefeito de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza, do PSDB, se tornou réu em um caso em que é acusado de desviar R$ 45,1 mil dos cofres públicos, em 2015, para um tratamento particular de saúde do assessor de gabinete Divair Moreira. A denúncia foi feita pelo Ministério Público de São Paulo e acatado pela Justiça.

De acordo com o processo, Bill adulterou um documento público para argumentar que não havia vaga para o assessor na rede pública, o que teria levado aos pagamentos de despesas particulares. No entanto, de acordo com o MP, o documento verdadeiro aponta que o Hospital de Clínicas da Unicamp tinha vaga disponível naquela ocasião.

Ainda consta que três pagamentos por atendimentos médicos particulares foram realizados com dinheiro público. Dois deles em 8 de abril de 2015 e um em 18 de junho do mesmo ano com um valor de R$ 8 mil. Este último, aliás, segundo a Promotoria, foi anotado como “ação judicial, o que caracteriza uma verdadeira afronta aos órgãos de fiscalização”.

O caso já havia sido revelado em 2016, pelo vereador de Nova Odessa, Cláudio Schooder, o Leitinho, do PV. Ele chegou a ajuizar uma ação popular sobre o assunto. À época, o MP também instaurou um inquérito e solicitou esclarecimentos ao prefeito.

A produção da CBN Campinas entrou em contato com a assessoria da prefeitura de Nova Odessa mas, até o momento, não teve retorno.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também