Com linhas limitadas, ônibus seguem cheios

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Foto: Danilo Braga
Foto: Danilo Braga

O transporte público de Campinas tem funcionado com um número menor de veículos desde o início da quarentena causada pela disseminação do novo coronavírus. Os ônibus rodam diariamente no mesmo esquema adotado ao domingos. Um levantamento da Emdec feito no dia 25 de março, quando já estava em vigor o isolamento social, apontou que a queda na quantidade de passageiros foi de 79%. Mas muitos trabalhadores de áreas essenciais dependem dos coletivos. O pedreiro Adonis Araújo da Silva relata dificuldades para se locomover até o local de trabalho. A babá Lilian Matos precisou mudar o horário do trabalho para ter transporte tanto na ida quanto na volta.

A queda no número de passageiros, porém, não significa que os usuários conseguem encontrar os ônibus mais vazios. A auxiliar de limpeza Teresa Cristina Caetano se desloca todos os dias do Vida Nova, onde mora, até o Parque Jambeiro. Ela conta que as aglomerações continuam acontecendo e pouca gente dentro dos coletivos adota as medidas de prevenção ao covid-19, como o uso de máscaras e álcool em gel.

A reportagem da CBN Campinas percorreu corredores de ônibus na Região Central e na Avenida das Amoreiras. A movimentação de passageiros é visivelmente menor do que em dias considerados normais. Nesses locais, que são pontos de conexão para bairros mais distantes, os coletivos trafegam relativamente vazios.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também