Dono da Havan terá que indenizar reitor da Unicamp

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

A Justiça condenou o empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, a indenizar o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, em R$ 20,9 mil. Isso porque o empresário postou no Twitter uma informação falsa e xingou o docente. 

Na decisão, fica também estipulada uma retratação na mesma rede social após o trânsito em julgado do processo. Cabe recurso. 

A publicação caluniosa e injuriosa foi feita em 24 de julho do ano passado, quando Hang afirmou que Knobel gritou “Viva la Revolução” durante uma formatura na universidade. Em seguida, emendou com “Vá para a Venezuela Reitor FDP”. 

A ação foi movida pela Unicamp e pelo reitor. Duas testemunhas ouvidas disseram que, na verdade, o grito partiu de um integrante da mesa de autoridades, na colação de grau do curso de engenharia da computação. 

De acordo com o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, Mauro Iuji Fukumoto, as testemunhas afirmaram que tratava-se de um representante do reitor da universidade, e não o próprio. 

O escritório que representa o empresário informou, através de nota, que Luciano Hang apenas exerceu sua liberdade de expressão, e que vai recorrer da decisão.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também