Eli Carlos morre em Campinas aos 66 anos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Faleceu na manhã desta sexta-feira, em Campinas, o ex-jogador e técnico Eli Carlos, aos 66 anos. Eli Carlos Alberto Pereira nasceu em Ribeirão Preto em 19 de abril de 1954. Em agosto de 2018, ao ser submetido a uma endoscopia, sofreu parada cardíaca ficando em coma induzido.

Faleceu na manhã desta sexta-feira, em Campinas, o ex-jogador e técnico Eli Carlos, aos 66 anos. Eli Carlos Alberto Pereira nasceu em Ribeirão Preto em 19 de abril de 1954. Em agosto de 2018, ao ser submetido a uma endoscopia, sofreu parada cardíaca ficando em coma induzido.

Eli Carlos, irmão de Silas, começou a carreira como jogador de futebol no Guarani. A partir daí passou por Coritiba, Flamengo, Rio Claro, Fluminense, Cruzeiro, Francana, São José, Matsubara-PR, Ituano, Paulista de Jundiaí e Palmeiras, de São João da Boa Vista, onde parou de jogar.

Após se aposentar como jogador, Eli Carlos foi treinador, dirigente esportivo e empresário. Foi também comentarista esportivo da Rádio Educadora/Bandeirantes Campinas.

A rádio CBN  se solidariza com a família e amigos neste momento muito difícil. Descanse em paz!

 

 

 

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Guarani contrata jovem goleiro do Athletico-PR

Depois da saída de Matheus Cavichioli que foi para o América-MG  e a chegada de Rafael Pin que estava na Inter de Limeira, o Bugre contratou Gabriel Mesquita, jogador de 21 anos, vinculado ao Athletico-PR.

Devido à covid-19, jogo entre Chapecoense e CSA é adiado

Devido a novos jogadores do CSA  infectados pelo novo coronavírus, a partida desta quarta-feira contra a Chapecoense, em Santa Catarina, foi adiada pela CBF. Após a final do campeonato alagoano, quinta-feira passada, nove atletas do CSA tiveram resultado positivo para a covid-19 e foram afastados da partida contra o Guarani.