Expansão do covid-19 nas periferias alerta saúde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Reprodução/PMC

O Departamento de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Campinas traçou um mapa com as mortes registradas de covid-19 por região da cidade. Os dados são do dia 11 de maio e atestam que a maioria dos óbitos ainda acontece em áreas centrais, por causa do número de habitantes. Mas a diretora do Devisa, Andrea Von Zuben, destaca o crescimento da doença em regiões periféricas do município e demonstra preocupação com a transmissão em massa para casas ocupadas por muitas pessoas.

O mapa de distribuição espacial mostrava 27 mortes naquele momento. No dia 22, o número já subiu para 51 em todo o município. Para Andrea Von Zuben, os números do isolamento social em áreas mais afastadas do Centro mostram que a curva deve aumentar nesses lugares caso a população não colabore ficando em casa.

A diretora do Devisa diz ainda que apesar de Campinas ter uma curva de crescimento menor em relação a outras cidades do país, o momento mais crítico desde o início da pandemia acontece neste final de maio e deve crescer no inverno.

Andrea Von Zuben explicou ainda que o aumento no número de testes fez com que mais casos de covid-19 fossem confirmados nos últimos dias. Segundo a diretora do Devisa, os pacientes com coronavírus ocupam 53% dos leitos de hospitais na cidade.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
INVESTIGADOS
0
CONFIRMADOS
0 0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também