RMC quer autonomia sobre abertura do comércio

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Danilo Braga

O presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas e prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, defendeu que os municípios tenham autonomia para decidir sobre o funcionamento de seus respectivos comércios. Porém, ele afirma que essa decisão deve estar alinhada com as diretrizes do Plano São Paulo.

A afirmação veio após parte das cidades da regional de Campinas optarem por um novo fechamento do comércio após o avanço da pandemia do novo coronavírus. Campinas, Valinhos e Limeira, por exemplo, decidiram suspender a atividade comercial, mesmo tendo autorização para funcionar por quatro horas por dia. Em Piracicaba, Santa Bárbara d’Oeste e Indaiatuba, o comércio funciona em horário reduzido, como prevê o Plano São Paulo.

Questionado sobre a falta de uma ação conjunta dos municípios da região, Denis Andia afirmou que a RMC é muito grande e que os prefeitos estão conversando com seus vizinhos mais próximos.

“Primeiro precisa entender que a região metropolitana de Campinas é subdividida em pequenas microrregiões. Pela proximidade entre eles, pela estrutura compartilhada de saúde. Então, quando você menciona a cidade de Valinhos e a cidade de Campinas, percebemos que uma reflete na realidade da outra”, afirma.

A região de Campinas está na fase laranja do Plano SP, o que permite a abertura restrita de parte do comércio não essencial. Nesta sexta-feira, o governo de São Paulo deverá reclassificar as áreas de acordo com a evolução do plano.

Compartilhe!
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também

Reportar um erro

Comunique à equipe do Portal da CBN Campinas, erros de informação, de português ou técnicos encontrados neste texto.