Campinas segue na fase laranja até dia 9

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Imagem: Reprodução

Campinas seguirá na fase Laranja do Plano São Paulo por, pelo menos, mais uma semana. A informação foi dada pelo Prefeito da cidade, Jonas Donizette, em transmissão ao vivo nesta sexta-feira (31). “Nós temos uma expectativa de que na semana que vem eu possa anunciar que estamos indo para a amarela, se a gente for para o amarelo pode abrir salão de beleza e restaurante. Se hoje houvesse a reclassificação, nós estaríamos na amarela”.

O Secretário de Saúde, Carmino de Souza, explicou que a progressão de fase só é possível a cada duas semanas, e que apenas a regressão de fase é semanal. Ou seja, mesmo com a melhora nos números, a região de Campinas terá a possibilidade de passar para a fase amarela apenas na próxima sexta-feira, uma vez que já houve progressão há uma semana.

Falando sobre a abertura do comércio na fase laranja, o prefeito disse ainda que concorda com quem defende o comércio aberto por mais horas ao dia, mas afirmou que a decisão não cabe a ele. “Eu acho que quanto mais horas o comércio aberto, seria melhor, porém, o comitê estadual diz que na fase laranja é quatro horas por dia. Qualquer prefeito que saiu disso, o Ministério Público entrou na justiça, e a justiça mandou voltar atrás”.

O secretário de saúde falou também sobre a queda na taxa de transmissão da covid-19 na em Campinas. A taxa, que já foi de 1.8, agora está em 1. Ou seja, cada paciente infectado transmite a doença, em média, para mais um paciente. “Chegamos ao máximo de 1.8 no final de maio, tanto que em junho tivemos nosso maior volume. Nós vamos ficar mais tranquilos quando ficar abaixo de 1. Mas é um cálculo muito importante, pois mostra a transmissibilidade da doença em um território”.

Carmino deu ainda detalhes sobre o novo inquérito sorológico que será realizado na cidade. Segundo ele, caso a taxa de subnotificação constatada coincida com a do primeiro inquérito, significará que Campinas tem entre 80 e 85 mil pessoas que foram ou estão infectadas pelo coronavírus. “Tivemos um número de 3.8, ou seja, para cada caso confirmado, tínhamos mais 3.8 que eram positivos e que não reconhecíamos no sistema de vigilância. Isso é um número baixo, na maioria dos locais ele fica em 7, 8, 10 até. Se esse número se mantiver a gente chega a 80 mil a 85 mil pessoas infectadas na cidade de Campinas”, explicou.

O secretário afirmou também que a testagem dos profissionais da saúde deverá abranger 20 mil trabalhadores, incluindo categorias relacionadas, como por exemplo, profissionais que cuidam da limpeza de unidades de saúde.

Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

COVID-19

Casos de coronavírus em Campinas
0
DESCARTADOS
0
CONFIRMADOS
0
INVESTIGADOS
0
MORTES
Play Video

Ao vivo

Mais recentes

Colunas

Fale com a gente!

WhatsApp CBN

Participe enviando sua mensagem para a CBN Campinas

Siga-nos

Veja também